Blog

Banheiros Adaptados para Deficiente Físico

21 de maio de 2019
banheiro para deficiente
#PraCegoVer: Cadeirante entrando em um banheiro adaptado para deficientes

Quem é deficiente físico, ou quem acompanha ou convive com alguém que seja, sabe o quanto é difícil todo tipo de adaptação.  Mas o problema se agrava, ainda mais, quando falamos dos banheiros adaptados para deficientes físicos, sobretudo, para aqueles que possuem mobilidade reduzida, ou seja, os cadeirantes.

A cadeira de rodas por si só já demanda mais espaço em todo tipo de necessidade que o cadeirante venha a ter.  Mas no caso dos banheiros, essa atenção deve ser ainda mais especial e, são nos locais público, que encontramos ainda mais dificuldades.

A lei Nº 10.098/2000 em seu Capítulo II artigo 6º prevê que banheiros de espaços públicos  devem conter, pelo menos, o sanitário e o lavabo adaptado de acordo com as normas da ABNT. Porém, estipula-se que apenas 5% dos espaços públicos ou privados, com áreas comuns, possuem adaptações de pelo menos um dos banheiros no estabelecimento.

As Medidas de Banheiros para Deficientes

Conheça as medidas corretas para a construção ou reforma dos banheiros na intenção de se receber deficientes físicos, sejam eles cadeirantes e/ou portadores de aparelhos ortopédicos como por exemplo, andadores.

Tamanho de Banheiro para Deficiente

Vamos ao tópico que gera a maior dúvida na hora de iniciar um projeto de banheiro para deficientes, o tamanho com suas respectivas medidas.

A ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas)  exige que, para este tipo de construção, tenha no mínimo 1,50M X 1,50M com possibilidade da cadeira de rodas conseguir girar em 360 graus no interior do local.

Não podemos nos esquecer obviamente, que a localização desse banheiros também precisa ser estratégica.  Isto é, esse banheiro adaptado deve estar preferencialmente localizado a no máximo 50m de distância das edificações nas quais ele se encontra.

E, como podemos perceber,  o banheiro de deficientes deve conter uma entrada independente dos demais banheiros (no caso de banheiros de uso público).  Isso para que o PCD (Pessoa Com Deficiência) em questão possa ser ajudado por um acompanhante caso haja necessidade.

E por fim, o tamanho (largura) das portas recomenda-se que tenha pelo menos  80 cm para a passagem da cadeira de rodas.

Altura da Pia no Banheiro Adaptado para Deficiente

Uma das coisas que mais pode gerar dúvida e transtorno, assim como dos demais acessórios de um banheiro adaptado, é a altura da pia. Por isso falaremos não só da pia e do vaso sanitário, mas também de outros objetos como papeleira, saboneteira, box e piso.  

Hoje em dia é comum a pia e os armários estarem unidos, ou seja, armários embaixo da pia, até por uma questão de aproveitamento de espaço. Entretanto é importante salientar alguns pontos.

A altura dessa bancada deve ter entre 80 e 85 cm.  Caso realmente haja armários sob a pia, esses armários devem conter preferencialmente portas de correr e possuir espaço livre para movimentação das pernas no caso de uso de cadeiras banquetas ou para a livre movimentação da cadeira de rodas no interior do banheiro.

Vaso sanitário no banheiro para deficiente

No caso do vaso a altura deve ser entre 40 e 50 cm, com elevação da base do vaso em 10 cm de acordo com as normas da ABNT. A descarga deve ser simples, acoplada ou com acionamento por botão e a ducha higiênica, próxima ao vaso, deve ficar a uma altura máxima de 45 cm do piso da mesma forma que as barras de apoio que devem ficar a uma altura de 30 cm em relação ao tampo do vaso.

Alarme Para Banheiro Adaptado

Alguns banheiros adaptados para deficientes físicos possuem um tipo de alarme para garantir a comunicação e a privacidade dos deficientes que precisam utilizá-lo.

Agora eu vou contar um pouco da minha experiência pessoal quando vi, pela primeira vez, esse tipo de adaptação.

Eu moro em Belo Horizonte/MG e encontrei este tipo de alarme no Shopping Pátio Savassi  na zona sul da cidade. Na porta havia um interfone e eu, curiosa, perguntei ao segurança se só no banheiro acessível havia esse interfone e por qual motivo.

Ele me informou que sim, somente nos banheiros para deficientes pois o interfone servia de trava para a porta evitando assim que pessoas que não são PCD’s utilizassem o banheiro sem necessidade, garantindo o nosso direito a prioridade. Na porta um alerta luminoso mostrava que o banheiro estava em uso e um botão interno destrava a porta ao sair.

Banheiros Adaptados para Deficiente Físico 1

Achei super interessante e para mim foi uma novidade pois nunca tinha visto um banheiro assim.

Conclusão

Bem, deu para perceber que o processo de construção ou reforma de um banheiro para deficientes físicos é trabalhoso entretanto não é difícil.  Além do que ajuda a facilitar a vida de milhares de pessoas.

Compartilhe este artigo!

0Shares

Artigos Relacionados

3 Comentários

  • Avatar
    Responder Iara Silva 22 de maio de 2019 at 9:45 PM

    Esta questão da acessibilidade é primordial para qualquer sociedade humana. Em algum momento da vida, todos estão sujeitos a uma situação de mobilidade reduzida. É necessária uma imensa conscientização de profissionais como engenheiros, políticos, arquitetos, gestores que estejam a frente de qualquer empreendimento público, bem como de toda a sociedade o sentido de se educarelacionar e respeitar o espaço prioritário. Parabéns pelo conteudo Crislandia!

  • Avatar
    Responder Crislândia Silva 23 de maio de 2019 at 9:11 AM

    Isso aí 😉

  • Responder Deficiente Físico: Tipos de deficiência física, nomenclaturas, aquisição de laudo médico e mais – Vivendo a Diferença 17 de junho de 2019 at 10:00 PM

    […] artigo Banheiro Adaptado Para Deficiente Físico, aqui no Vivendo a Diferença, eu falo sobre como são feitas possíveis adaptações para que os […]

  • Deixe um Comentário