Blog

Deficiência Mental: Entenda um pouco mais sobre os desdobramentos desse tipo de limitação

26 de julho de 2019
Deficiente Mental

 A sociedade de uma maneira geral, entende a deficiência mental como a mais complicada. Entretanto, é preciso entender o tipo de deficiência de cada pessoa. Existem vários tipos de limitações em graus também variáveis. Em virtude disso, diversos fatores devem ser levados em consideração na hora de classificar uma pessoa como deficiente mental. 

De acordo com a Associação Americana de Deficiente Mental, entende-se como deficiência mental a redução do funcionamento intelectual de uma pessoa, estando abaixo da média.  Vale ressaltar que o diagnóstico é feito a partir de uma equipe multidisciplinar formada por médicos, psicólogos, fisioterapeutas, assistentes sociais, entre outros que avaliam todo o histórico de vida da pessoa para então classificar um tipo de deficiência.

Neste artigo, mostrarei um pouco mais sobre os diferentes tipos dessa deficiência e até mesmo esclarecer o mito de se a pessoa deficiente mental pode ou não se casar!  Acompanhem.

Qual a diferença entre deficiência mental e alienação mental?

É importante dizer que a alienação mental não é uma deficiência. Afinal, um indivíduo classificado com alienação mental é passível de interdição total por parte da família e também da medicina. Isso porque o indivíduo se torna totalmente incapaz de gerir uma vida social podendo até representar risco a si mesmo e as pessoas que estão a sua volta.

Para ilustrar os casos de alienação mental, o médico perito que fará a avaliação deve estar ciente de sua enorme responsabilidade. Pode-se citar como exemplo de alienados mentais as pessoas que possuem doenças como: esquizofrenia, epilepsia grave. Além de outras que beiram a demência como Alzheimer e a doença de Parkinson, enquadrada segundo o artigo 186, em fase adiantada.

A deficiência mental não caracteriza morte social na vida de uma pessoa. Uma vez que existem diversos tipos de deficiência mental classificados em grau leve moderado ou severo, como dissemos anteriormente.

Diferença entre deficiência mental e intelectual 

Primeiramente, devo dizer que é comum as pessoas confundirem os dois termos por serem parecidos  Por isso, é necessário estarmos atentos as definições de cada um. Por conseguinte, há duas maneiras de definir deficiência mental e intelectual. Já houveram  casos em que o termo intelectual foi considerado banido por ser semelhante ao termo mental.

No  entanto, é possível encontrar definições diferentes para ambos. A deficiência intelectual  engloba a partir de duas ou mais áreas em que uma pessoa tem dificuldade de executar atividades corriqueiras do dia-a-dia e dificuldades na interação social. 

A Deficiência mental pode estar, dividida em neurose e psicose. Chamada anteriormente de doença mental, apresenta de forma predominante alterações psíquicas na vida de um paciente. Para exemplificar melhor podemos citar como deficiência mental a depressão, o transtorno obsessivo compulsivo, transtorno bipolar entre outros.

Ademais, o tratamento nos dois casos também é diferente. Dessa forma uma pessoa com deficiência intelectual precisa receber estímulos nas áreas em que apresenta maiores dificuldades. Como por exemplo tratamentos com fonoaudiólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais e psicólogos.

Consequentemente, uma pessoa que apresenta deficiências mentais geralmente recebe tratamentos de psicólogos e psiquiatras. Além da intervenção de medicamentos.

Pessoa com deficiência mental pode se casar?

A resposta é sim. A emenda constitucional e o estatuto da pessoa com deficiência impedem qualquer tipo de discriminação, tornando possível sim, o casamento. Embora o Código Civil declare nula a capacidade de um deficiente mental para executar ações civis. Ele também entende que a deficiência mental não é uma enfermidade. Sendo assim, pessoas com deficiência mental não podem ser impedidas de se casarem.

Compartilhe este artigo!

0Shares

Artigos Relacionados

Nenhum Comentário

Deixe um Comentário